segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Pérolas do Orkut

Adoro xeretar o Orkut alheio, mas não perfis de gente que conheço e sim de pessoas desconhecidas.

Existe uma jóia na internet chamada Blog da PGA -Profile de Gente que se Acha. Depois que conheci esse blog tenho me divertido horrores na net.
Não que eu me ache a bolachinha mais recheada do pacote mas é impossível não se divertir no PGA.
E por falar em exposição desnecessária no Orkut, vcs já viram que certos grupos de pessoas apresentam sintomas semelhantes?
O grupo do qual quero falar hoje são as mulheres recém desencalhadas.
Mulheres recém desencalhadas são aquelas com trinta e tanto, geralmente já divorciadas que juravam que nunca mais se envolveriam com ninguém e por mais que ela dissece que não dava a menor importância para isso, vivia se remoendo por estar sozinha (que fique aqui registrado que os exemplos a seguir nada tem a ver com mulheres de vinte ou trinta e tanto que estão solteiras, descasadas e afins mas se sentem seguras e muito bem com isso.)
O primeiro maior sintoma de mulher que "gráças a Deus" desencalhou é provar desesperadamente que achou um navio rebocador pra tirá-la da areia.
Mas não basta que todos saibam que ela achou alguém, todos tem que saber o relatório completo sobre o relacionamento dos dois. Ai para provar que a coisa tá dando certo ela manda recado assim para o moço:
"Oi vidinha! Passei pra te desejar os parabéns por estarmos completando 5 meses, 11 dias e 2 horas juntos! Te amo!"

O segundo sintoma que classifica esse tipo de mulher é, não basta que todos saibam a quantos minutos o casalsinho está junto, mulher recém desencalhada tem necessidade de provar que é feliz, mesmo não sendo!
Ai a dita enche o perfil de fotos dela e do rapaz se beijando. A cada 3 dias a foto de exibição muda e muda também a posição e o estilo do beijo.
Ela de frete e ele de costas, ambos de lado, agora ele na frente dela, os dois deitados, com olhos abertos, com olhos fechados... enfim, tem para todos os gostos.
A posição é o que menos importa, o que vale é que todo mundo veja a beijação explícita, na maioria das vezes dispensável!

Outro sintoma da recém desencalhada é a provocação feita através de mensagens subliminares.
Geralmente quem estava encalhada também tem uma amiga na mesma condição e ao invés de ser solidária ao problema da colega que permanece solteira, a recém desencalhada faz comentários do tipo:
" Ai amiga, hoje acordei com ele respirando no meu pescoço!"
Na realidade o rapaz estava roncando virado de frente para as costas dela mas a necessidade de se mostrar amada faz ela passar por cima de qualquer ética de amizade e provocar a pobre amiga solteira com uma "meia verdade".

Por fim o sintoma mais comum das recém desencalhadas e que já estavam entrando em desespero é acusar todo mundo de sentir inveja da linda história de amor que ela está vivendo.
Isso por que a dita conheceu o rapaz, eles noivaram, casaram e foram morar juntos no prazo de 6 meses. Não deu tempo nem das famílias se conhecerem... tinha gente se conhecendo na festa de casamento mesmo, mas AI de quem falar qualquer coisa com a qual a dita não concorde... será exposto em praça pública como o maior invejoso da história do mundo.
Dá uma raiva dessas pessoas que juram que todos morrem de inveja dela... vai sofrer de megalomania assim nos quinto!
Honestamente, para uma pessoa agir assim, dessa forma tão insegura é por que nem ela mesma confia no próprio taco... coitada! Uma terapia seria ótima para resgatar um pouco da auto confiança dessa pobre criatura amargurada.
----------------------------------------
Sinceridade, Surtos e Certezas Adverte:

Este post não foi escrito com intuito de provocar nenhum de vocês leitores, os exemplos aqui citados são baseados em fatos reais e tem exclusiva função de divertir quem os ler.
Atenciosamente.
Pepper Popps.

2 comentários:

Sally Somir disse...

É, Pepper Popps, acho que somos almas gêmeas MESMO. Além do pavor de lagartixa, também tenho pavor dessas mocinhas que ostentam felicidade no orkut e em outros meios públicos. Privacidade é tão chique...

Acho a coisa mais brega do mundo gente que expõe detalhes da relação para mostrar ao mundo como desencalhou. São essas que tatuam o nome do infeliz e depois, quando levam um pé na bunda por serem carentes, melosas e insuportáveis, tem que ir correndo tirar a tatuagem.

Amor verdadeiro é o caralho, isso é ser BREGA!

Beijos!
Sally

Clodovil Hernandes Latsis disse...

Olá querida, obrigado pelos créditos dados ao nosso querido Blog da PGA.