domingo, 25 de janeiro de 2009

Exercício de imaginação

Vamos imaginar comigo:


Cena 1 - Mãe manda incontáveis mensagens SMS para o filho que mora em outra cidade perguntado se tudo está bem. Filho não responde nenhuma em meses.

Cena 2 - Mãe manda incontáveis e-mails para o mesmo filho com a mesma finalidade. Não obtem nenhuma resposta.

Cena 3 - Tempos depois filho entra em contato com a mãe pedindo que o pai deposite um dinheiro considerável para necessidades pessoais, as quais o seu rendimento mensal não foi capaz de suprir. Mãe mais do que depressa fala com o pai e providencia a quantia pedida. Filho diz que não tem tido tempo de escrever ou ligar mas que está tudo bem e que espera os pais em sua casa em breve.

Cena 4 - Mãe super-hiper-empolgada com a idéia faz o pai providenciar tudo para poderem visitar o filho que não veem a meses, mesmo sabendo que a esposa do filho é uma mejera que não gosta dos sogros, mas isso é o menos importante no momento. A viagem é marcada para o próximo feriado prolongado.

Cena  5 - Mãe avisa filho que tudo já está acertado para ela e o pai irem visitá-lo e ainda diz o quanto está ansiosa por vê-lo.

Cena 6 - Poucos dias depois filho responde dizendo que não poderá recebê-los por que ele e a esposa estarão trabalhando todos os dias do feriado prolongado, mesmo o feriado sendo só daqui a um mês.

Cena 7 - Mesmo sabendo que praticamente ninguém trabalhará nesse dito feriado (porque todos sabemos que feriado no Brasil é super respeitado!), pai e mãe aceitam a justificativa meia boca e desiludidos abandonam a idéia de irem viajar.

Agora peloamordedeus, será que só eu entendi que pito toca esse filho com relação aos pais ou sou eu que enxergo maldade demais nas pessoas????
Por favor me respondam pois estou começando a achar que diante de tanta resignação por parte desse pai e dessa mãe ou eles são completamente cegos ou a doente mental da história sou eu!!!!

4 comentários:

Olly disse...

Vim te visistar, vou voltar. adorei.

eu acho que vc tá vendo a mesma coisa que eu.... beijos

Alline disse...

Vejo um moço sem consideração com os pais e muito cruel. Que feio!
Respondido? Beijo pra ti!!!

Raphael Rocha Lopes disse...

Mãe é mãe... e umas são ainda mais sentimentais que outras...

Ritoca disse...

Eu concordo com vc. Não acho que vc é doente. Doente é esse filho e essa nora.

Abs